Blog

A NARRATIVA VISUAL, com Luís Campos (2ª edição)

A NARRATIVA VISUAL, com Luís Campos (2ª edição)

08 e 15 de Julho 2017, 09h30 – 17h00 (Sábados)

luis-campos

COM O ALTO PATROCÍNIO

D. Carlos Hoteis-cópia

Local: Hotel D. Carlos Park, Sala Rainha Dona Amélia (Lisboa, Portugal)

E EM PARCERIA COM

corporateLogo_black_150-cópia

Preço: 120 EUR / pessoa (IVA incluído)

INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ DIA 30 DE JUNHO!

Conteúdo do curso:

Com análise e compreensão da evolução da linguagem cinematográfica, esta Oficina pretende dotar aspirantes a guionistas, curiosos em geral ou escritores já activos no mercado com as várias faculdades que permitam escrever um guião distintivo e com identidade própria. Com foco nas valias da narrativa visual e aprofundada análise do Final Draft enquanto principal ferramenta de trabalho, o objectivo da Oficina passa por conseguir que todos os formandos possam apresentar um sólido guião de curta-metragem no final da formação e levar consigo conhecimentos fundamentais para uma prática bem sucedida da actividade.

Dia 1 (Manhã). Análise Cinematográfica.

Breve incursão pela História do Cinema e estudo dos vários componentes da linguagem cinematográfica:

  • Os Pioneiros e a base do Cinema;
  • A magia do Raccord;
  • Planos e Perspectivas;
  • Cinematografia;
  • Música e Som;
  • Géneros;
  • Subtexto e Figuras de Estilo.

Dia 1 (Tarde). Introdução ao Guião.

  • Logline (Premissa);
  • Sinopse;
  • Estrutura de 3 Actos;
  • O Conflito como génese narrativa;
  • Incidente Incitante (Gatilho);
  • Plot Points;
  • A Narrativa Visual com análise a filme caso-estudo da autoria do formador;

Dia 1 (Tarde). Final Draft.

  • Exercícios práticos de imersão no software;
  • Personagens;
  • Tema;

— Durante a semana, e com os conteúdos adquiridos, os formandos escrevem um guião de curta-metragem para apresentar no dia 2 da Oficina —

Dia 2 (Manhã e Tarde). Mini-laboratório de Guião.

  • Análise dos guiões escritos pelos formandos;
  • Exercícios de aprimoramento dos guiões, com foco nos diversos elementos que constituem a base de trabalho do laboratório profissional PLOT (www.plotscriptlab.com).

*Todos os formandos receberão uma licença educacional para download e utilização gratuita do Final Draft 10 durante 18 semanas.

Para solicitar mais informações sobre esta oficina ou para fazer a sua inscrição, por favor contactar a equipa organizadora.

LUÍS CAMPOS

Após concluir um Mestrado em Cinema em 2008, Luís tem coleccionado diversas experiências na criação cinematográfica pelas cidades onde tem vivido, como Barcelona, Londres, Bruxelas, São Paulo e Amesterdão. Fundador e principal produtor da empresa Squatter Factory, onde desenvolve a maioria dos seus projectos cinematográficos, Luís teve a oportunidade de realizar um intercâmbio em 2013 na Savage Film (Bélgica) e outro na RT Features (Brasil) em 2015, onde desempenhou papel activo no desenvolvimento de projectos de renome internacional.

A título pessoal, escreveu, produziu e realizou várias curtas-metragens premiadas e foi também o autor do guião de “Um Funeral à Chuva”, a longa-metragem independente que arrebatou os principais prémios do Caminhos do Cinema Português em 2010 e foi distribuída nacionalmente pela ZON Audiovisuais.

Actualmente é um dos professores convidados dos cursos de cinema na SAE Institute Amsterdam e da Universidade da Beira Interior e também o principal promotor do GUIÕES – Festival do Roteiro de Língua Portuguesa e do PLOT – Professional Script Lab, actividades que fundou através da sua empresa.

Foi mentor convidado do Curitiba_Lab / Olhar de Cinema 2015 (Brasil), onde acompanhou alguns dos mais promissores projectos cinematográficos contemporâneos de origem Brasileira e fez parte do júri do FRAPA 2016 – o principal festival de guiões da América do Sul. Esteve presente no Stowe Story Labs 2016 (Vermont, USA), PLOT Indywood Edition 2016 (Hyderabad, Índia) e FOCAL Structural Constellations 2017 (Zurique, Suíça).

CARGA, a sua mais recente curta-metragem, conquistou o prémio de Melhor Filme no New York Portuguese Short Film Festival 2017. ENTRE-OS-RIOS, a sua primeira longa-metragem, encontra-se neste momento em fase de financiamento numa co-produção FADO FILMES (PT), GRAFO AUDIOVISUAL (BR) e VENFILM (NL). No início deste ano Luís foi seleccionado para o Berlinale Talents (Festival de Berlim) e para o lançamento do Propellor Film Tech Hub no Festival de Roterdão.

Leave a Reply